topo
Uemasul vai reabrir três laboratórios de Medicina Veterinária fechados em 2015
18/04/2017 - 13h10 em Educação

Até o fim do mês de abril, o curso de Medicina Veterinária da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (Uemasul), em Imperatriz, vai voltar a ter o Laboratório de Análises Clínicas Animais, a Sala de Cirurgia e o Ambulatório, de acordo com a professora e diretora do Curso de Medicina Veterinária, Geovania Braga. Os laboratórios foram fechados em 2015 pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV) por falta de estrutura para funcionarem devidamente.

Apesar de fechados em 2015, a reforma dos laboratórios só começou em dezembro de 2016. Sem eles, os universitários tiveram que fazer as aulas práticas em clínicas da cidade. “A gente teve que ir atrás de clínicas para fazer estágio observatório, a Uemasul não disponibilizou ofícios, então a maioria das clínicas não aceitaram os alunos e muitas das que os alunos conseguiram não têm fluxo de pessoas. Se tivesse o ambulatório, seria mais fácil e seguro”, informa a aluna Alice Melo, que está no 5° período do curso.

Hoje, o bacharelado em Medicina Veterinária está com 638 alunos matriculados, sendo o curso com a mais alta demanda de inscrições no vestibular da universidade, que conta com 16 cursos ofertados. O vice-presidente do Centro Acadêmico de Medicina Veterinária, Jorge Sousa, destaca a necessidade da reforma para os alunos. “Sem os laboratórios, a formação dos estudantes é muito prejudicada, pois não podemos ver na prática o que aprendemos na sala de aula”, diz.

Anteriormente, no ano de 2009, o Conselho Estadual de Educação (CEE), após avaliação, fechou o curso de Medicina Veterinária, na então Universidade Estadual do Maranhão, por falta de estrutura necessária para que a graduação continuasse. A universidade só voltou a oferecer esse curso no ano de 2013, após uma reforma.

 

Fonte: imperatriznoticias.com.br
Por: 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!